Conheça as informações necessárias para quem pensa em realizar algum tratamento para melasma. Se prepare com um conhecimento revelador.

O melasma é um distúrbio adquirido de hiperpigmentação que de uma maneira geral se apresenta na pele como uma mancha pigmentada, irregular, nas áreas expostas ao sol.

Rosto e pescoço são duas áreas muito atingidas por melasma, cuja patogênese não foi elucidada. Ou seja, ninguém sabe o que gera o melasma realmente.

O que engatilha o melasma?

Os gatilhos para o melasma são diversos e imprecisos:

  • Genética
  • Luz ultravioleta
  • Inflamação
  • Estresse oxidativo
  • Ruptura da barreira da pele

A prevenção da luz solar e da hiperpigmentação é o objetivo terapêutico do melasma. Apesar dos tratamentos disponíveis, que incluem vários agentes tópicos, agentes sistêmicos e terapia a laser, os resultados do tratamento com máscaras hidratante são mais eficazes.

Até o momento, tirando as máscaras hidratantes, nenhuma abordagem terapêutica isolada se mostra eficaz. Os produtos para o cuidado da pele são químicos industriais que se espalham por meio de manchas.

Métodos para limpar, cuidar da pele, beleza e protetor solar são viáveis como tratamento para melasma que não causa efeitos colaterais.

O comprometimento da função de barreira da pele é uma causa significativa de melasma. Ao mesmo tempo, os tratamentos mais pesados podem levar a vários efeitos adversos, como comprometimento da função de barreira da pele, inflamação, pigmentação pós-inflamatória, cicatriz e despigmentação.

Prefira sempre o tratamento para melasma mais natural

O uso de produtos naturais para a pele não só pode melhorar as lesões de melasma e reduzir a incidência de reações adversas, mas também prevenir a recorrência como tratamento de manutenção.

Diversos estudos indicam que os produtos de cuidados da pele, combinados com o tratamento de rotina, podem melhorar a eficácia, tolerabilidade e adesão em pacientes com alta segurança.

Como mencionado antes, o melasma é caracterizado pelo acúmulo excessivo de melanina na epiderme e derme.

A melanina é sintetizada e armazenada nos melanócitos por meio de uma série de reações oxidativas e processos dendríticos de transferência dos melanócitos para os queratinócitos vizinhos. Assim, algumas manchas aparecem na superfície da pele.

Os produtos naturais para melasma têm vitamina-C, extrato de chá verde e outros benefícios, que podem clarear sardas e reduzir a pigmentação ao inibir a tirosinase ou outras funções.

A vitamina C é um antioxidante natural que interage com os íons para inibir a atividade da tirosinase, que desempenha um papel significativo na síntese do colágeno e possui efeito fotoprotetor.

Foi comprovado que a vitamina do tipo E interfere na peroxidação lipídica das membranas dos melanócitos, aumenta o conteúdo de glutationa intracelular e inibe a atividade da tirosinase.

Enfim, os ingredientes das máscaras para tratamento de melasma podem reduzir a produção de melanina, melhorando assim as lesões cutâneas de pacientes com melasma e prevenindo a hiperpigmentação pós-inflamatória, que é um meio auxiliar importante para tratar melasma.

Então, não tenha dúvidas, as máscaras hidratantes são os melhores tratamentos para melasma da atualidade, desde que composta por produtos naturais e de preferência orgânicos.